Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Um melhor amigo

dog-quotes-paw.jpg

 

Alguns dias lembro-me de ti mais do que outros. A verdade e' que nao deixas-te de estar no fundo do meu telemovel. Tu nao foste apenas um cao que esteve na minha vida durante 17 anos, tu eras o CAO. O melhor amigo, o que viajou connosco por inumeras vezes, o que me vinha visitar ao quarto apenas depois da mama ir para o trabalho porque sabias que ela nao te queria ver nos quartos. Lembro-me perfeitamente uns dias antes de vir para Londres tu vieste ao quarto e deitaste-te ao meu lado, ficaste la' bastante tempo, mais do que o normal a pedir mimos. Lembro-me quando voltei para ferias, tu lembraste-te logo de mim...mas o tempo comecou a passar por ti e se antes ja' davas sinais de cao idoso agora estavas pior. Quando voltei ja nao me reconhecias logo, so' passadas umas horas. Ja' nao te levantavas muito do sofa', ja' a tua visao estava muito afetada, eu sabia que mais tarde ou mais cedo quando eu voltasse nao irias la' estar, era por isso que chorava quando me despedia de ti. 

Em 2016 , uma semana antes de ir a Portugal recebi a chamada de video da minha mae, ela so' me disse "Tenho uma noticia para te dar". Foi o suficiente, chorei bastante, eras um melhor amigo que nem precisava de falar para o ser. 

Desde 1999 fomos companheiros. Aquelas brincadeiras nossas, o teu mau feitio de vez em quando, os teus pelos fofinhos que mais parecias um peluche, as vezes que te abracei enquanto chorava, o teu ladrar atrevido quando pensavas ser um cao gigante e quando na verdade eras um pequenino. Os vizinhos e pessoas a passar na rua a perguntar "E' um brinquedo a janela?". O meu amigo, meu amor. 

Hoje sou cada vez mais uma apaixonada por animais, especialmente caes mas nenhum te substitui, alias nenhum substitui o outro. Irei sempre amar-te , mesmo quando na minha casa estiver outro "tu" a correr pela casa! 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Jornada 23 31.01.2018

    Para mim também foi uma altura complicada, embora tivesse amigos portugueses que, de forma mais compreensiva entendiam a dor...Senti o mesmo, parte dos colegas de trabalho não dariam a importância que eu dei para a morte de um animal, tem muito a ver com culturas. Para mim o meu cão e qualquer animal e' um membro da família, ponto.
    Uma das coisas que mais me dificulta aqui também e' o não poder ter um animal, visto eu e o meu namorado sermos amantes de cães. O landlord disse-nos que podíamos ter um mas ....neste cubículo de estúdio que nem para duas pessoas quase da' Seria egoísta da nossa parte.
    Aguardo ansiosa por essa parte em Portugal, poder finalmente ter um cão a correr pela casa, uma companhia!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Pesquisar

     

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.