Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

8 dias, 4 formações

Nem sei o que hei de pensar passados estes 8 dias...se por um lado sinto-me melhor profissionalmente, fisicamente estou muito cansada!!!

Não vou por norma ao centro de Londres em hora de ponta a não ser, como já se notou, para ir ao Head Office do meu trabalho.  Que, escolheram localizar logo ali no centro, bem no coração de Westminster.

Mas o que tem que ser tem muita força e eu sempre adorei fazer formações e ainda mais agora para as levar no meu currículo para Portugal. Estes dias foram pesados...temas que nos fazem refletir e muito e que por norma nos relembram alguns dos piores momentos no trabalho. Fui então "formada" em " Child Sexual Exploitation", " Self Harm and Suicide", " First Aid" e " Insigth into Personality Disorder". Estou bem satisfeita! Mas também entusiasmada para conpletar mais duas formações antes do regresso a Portugal 😀🤓🤓🤓

 

Baldoyle-Training-720x480.jpg

 

Formação

Uma das coisas que mais prazer me dá assistir são formações.  Os dias de trabalho embora não sejam monótonos só  acrescentam algo de aprendizam quando algo sério acontece, ou um incidente ou um comportamento fora de normal ou un acontecimento. Por mais que o nosso processo de aprendizagem seja rápido é sempre bom ter um dia diferente e é por isso que eu adoro treinos. Ora seja de substance use, mental health, sex working , insigth into gangs, venha o que vier. Ontem a formação foi de Young people e como adorei! E como saímos de lá com nova bagagem, com sensação de conseguirmos mudar o mundo - mas é só  sensação.  Adorei. Até me ir embora para Portugal estão programados mais 4 formações  First and, domestic violence , self harm and suicide e personality disorder!! 

 

 

Uma faca apontada ao pescoço

Foi o que tive hoje. 

Hoje foi dia de uma das melhores formações a que tive o privilégio de ir. O tema era muito específico para a nossa profissão e totalmente baseado em fatos reais : " Como lidar com circunstâncias difíceis e perigosas". O Iain Bourne é o formador mais multifacetado que ja conheci durante a minha pequena existência , ele nao só explica os procedimentos e os blabla que toda uma formação requer como também faz Role Playing. Os três primeiros role playing foram suaves, muita gritaria, muita agressidade, muitos padrões psicóticos mas algo que já estamos habituados a lidar diariamente. 

Nos últimos exemplos o formador explicou por diversas vezes para não reagirmos e que devemos sair da primeira fila caso tenhamos algum problema com armas, violência verbal e comportamental. Meus senhores, eu por azar ou não fiquei na fila da frente ( já estão a ver a minha cara , certo ??? 🤤🤤). O Iain entra caracterizado até à ponta do pé : cara cheia de sangue, braços e pernas da mesma forma, camisola e calças rasgadas, olhar lunático que ele faz tão bem e ...uma faca verdadeira. Até aqui tudo bem, não há problema gritarem na minha cara com os "Fuc* you" infinitos, chamarem-me mil e um nomes durante a interpretação, aliás o tipo de atitude que ele estava a ter com o staff é algo que muito frequentemente lidamos mas quando ele tira a faca da manga e aponta a cada um dos 7 na fila da frente e olha nos teus olhos a gritar "I can fuc* you rigth now! Get up motherfuck*r, get up" Oh minha gente!!!!! Não consegui por uma vez olhar nos olhos dele e a faca estava tão perto do meu pescoço que olhando para baixo não lhe via a ponta. 

Este senhor merece todo o mérito porque para além de partilhar a sua sabedoria ele vai ao extremo para interpretar estes casos que ocorreram na realidade e, para ser sincera pode acontecer em qualquer dos nossos projetos a qualquer altura. 

Pensando que uma coisa destas pode acontecer no projecto deixa-me pensativa, mas vendo bem já tivemos lutas entre clientes em que facas estavam incluídas, clientes a espancar outros no corredor por motivos mentais, clientes a saltar a recepção em direção ao staff, ameaças , entre tantas outras coisas. Não me interpretem mal, se assim fosse todos os dias ja não restava staff, mas quando for para acontecer pelo menos sinto-me grata em ter tido mais formação em como agir perante situações semelhantes .

2008-02-25-18.11.18-5062faf7a83fc.jpg

Sim, este é o Iain. Sim este é o olhar perturbador dele. Sim, esta maquilhagem faz parte de uma das tantas personagens que ele interpreta.....Acho que vou ter pesadelos logo à noite. 

 

 

Mais sobre mim

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.