Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Cão que não é cão, é família

Quem me conhece sabe que eu tenho um amor de perdição pelo meu cão: um caniche anão raçado com maltês de 16 anos e meio..Sim 16 anos e meio. Da última vez que o vi foi em setembro e é assustador ver como ele piorou em poucos meses. Fica imenso tempo parado a "olhar" para as paredes e depois insiste em bater contra elas, já não consegue controlar o xixi nem o coco, está sempre a cair , praticamente cego e deve estar com graves problemas de memória visto que parece andar sempre perdido e confuso. Fiquei a observá-lo por longos minutos e agora vim para a cama, é inevitável eu não chorar, ele é família.

O melhor cão do Mundo fez 16 anos!!

Modéstia à parte e, sem querer tirar o mérito de todos os outros cães o meu bebé é, para mim, o melhor cão do Mundo. Aliás ele não é um cão, é mais do que isso. Ele é família, ele é um irmão. É verdade que me chateia menos que o irmão humano, mas completa o nosso agregado da mesma forma. Tenho umas saudades imensas do meu bebé, imensas imensas! Costumava cantar-lhe os parabéns (ontem só foi possível enviar parabéns via Skype) e no meu dia de anos (que também se aproxima), ia sempre para o meu colo - eu estava na minha cabeça a apagar as velas por mim e por ele.

É impossível imaginar a minha vida sem ele, são 16 já....Mais de metade da minha vida! Desde os meus 9 anos que sou a dona mais sortuda! 

Parabéns mais uma vez meu menino. Que tenhamos o privilégio de te ter na nossa família por mais alguns anos!

tm.jpg

 

 

 

Bruxelas em 3 dias

Ah estou de volta! (Já cheguei quinta - feira, mas comecei logo a trabalhar e o meu corpo ainda não tinha recuperado!!!)

Estes  três dias foram carregados de coisas novas e, por outro lado, também recordar tempos antigos.

Eu e o príncipe fomos a Bruxelas, cidade onde vive a minha tia, desde cedo costumava ser o sítio onde ia passar férias com os meus pais, pelo menos de 3 em 3 anos, por isso já conhecia um pouco os cantos à casa. A viagem foi rápida mas conseguimos ver o essencial!

 

Domingo - partida para Bruxelas. Apanhámos o autocarro uns minutos antes da meia noite. Foi a primeira vez que andámos num autocarro de longa distância e a ansiedade para saber como íamos atravessar de Inglaterra para França era grande. Acabámos por passar a fronteira de Ferry. Upa, upa, sim senhora! Dava para irmos para a rua apanhar ar, sentir o cheirinho a água ou então ficar no aconchego lá dentro.

 

20150615_021542.jpg20150615_021542.jpg

 

Segunda - chegámos a Bruxelas. Ainda fomos para casa dormir um pouco e aproveitámos o resto do dia para ir visitar o centro da cidade (Grand Place, Manneken Pis, Everard't Serclaesetc)

 

20150615_162640.jpg20150615_172726.jpg

 

Terça - fomos a um parque de diversões que existe na cidade. Nós adoramos este tipo de coisas e sempre que ia de férias tínhamos que meter o pezinho no Walibi. Foi passar o dia todo em diversões com água, adrenalina, alta velocidade, enfim uma panóplia que marcou o dia da melhor maneira. O príncipe bem me quis meter em uma ou outra diversão que deixava qualquer um agarradinho à cadeira, alinhei em algumas, mas outras não, não!!! Arranja lá outra companhia que a Je não mete os pés ehehe 

 

3558085831_798dd234aa.jpg5451197654_755125acdb_b.jpg

 

Quarta - foi o último dia. Andámos naqueles autocarros turísticos para tentar conhecer a cidade em pouco tempo e parámos no Atomium e na Mini Europa para fazer uma visita. Retornámos a casa para o último jantar e às 22h e pouco já estávamos a espera do autocarro para casa. Pensámos que iríamos voltar de Ferry mas para nossa surpresa fomos pelo túnel da mancha e, muito sinceramente, tenho-vos a dizer que a sensação inicial é HORRÍVEL! Sente-se um sufoco e falta de ar durante o caminho todo e a única coisa que ouvimos é o comboio a andar e o autocarro a abanar....que medo! 

 

20150617_141737.jpg20150617_143722.jpg

 

 

Quinta - Às cinco da manhã chegámos a Londres. Ainda fui a tempo de dormir duas horitas antes de trabalhar e depois foi seguir com a semana em frente. Foi desgastante, andámos imenso em Bruxelas e tentámos ver muita coisa em tão pouco tempo mas, valeu a pena, vale sempre a pena.

 

Mais uma recordação nossa 

 

 

 

 

 

 

 

 

A sogra dele

dia-da-sogra-9.jpg

Ou seja, a minha mãe diz ao príncipe imensas vezes " Tu és o meu filho adotado" " Aos meus filhos fui obrigada a ficar com eles, a ti adotei-te porque gostei de ti" .....Ahh!!! Sinto-me traída! Já andam a fazer promessas para quando ela for velha e tudo e eu levo com as frases dele na «brincadeira»  "Só fico contigo para sempre por teres a mãe que tens".....vá, obrigada mamã! 

Mais sobre mim

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.