Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

E assim se passam 6 meses

Pois é , eu sou uma pessoa super assídua nestas coisas, certo? 

Estive a rever os meus poucos posts sobre a pandemia e sobre o meu teletrabalho e o engraçado é que nunca estamos satisfeitos, tanto que......agora preferia voltar a trabalhar por casa!

Com o tempo, começamos a criar uma rotina diária embora, seja verdade que a minha concentração no local de trabalho é 500 vezes maior. Quando voltei a trabalhar sentia aquele medo miudinho de estar ou não a cumprir regras, de ser ou não perigoso fazer isto ou aquilo, usar máscara aqui ou ali. 

Enfim. Temos e é essa a verdade de nos ajustar a uma nova realidade. Mais tarde ou mais cedo isto irá passar e, embora 2020 ter marcado as nossas vidas de uma forma nada boa, irá ficar para trás na recordação. 

De pernas para o ar

O Mundo pode virar de pernas para o ar assim, num ápice! De uma forma incontrolável e imprevista. Ah, vida. Ontem recebi uma mensagem do meu irmão onde dizia que a minha avó tinha tido um AVC, um forte. Foi internada, transferida para o HGO e sedada, em fase de recuperação.  O meu Mundo caiu, ainda ontem falava com ela ao telefone e estava entusiasmada por me ter em Portugal daqui a 3 semanas, sempre que me despedia dela em Portugal dizia " Para a próxima quando voltares já não estou cá eu". O não estar lá, não saber ao pormenor o que se passa deixa-me sem chão. Hoje está melhor, dizem que terá recuperação mas será bastante longa, ainda mais tendo em conta que ela já tem 89 anos. Há-de correr tudo bem, se Deus quiser, e ele há-de querer. A minha avó não é um sra de 89 com doenças imensas e limitações, anda tudos os dias na quinta a plantar, a alimentar os animais e aos fins de semana vai à feira vender , ela tem força e irá recuperar, quero crer que sim! ❤

 

pexels-photo-269057.jpeg

 

Mais sobre mim

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.