Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Tic Tac - Adeus casa

Adeus minha casinha, adeus minha casinha de bonecas que quase não dava para nos mexer ou fazer grandes mudanças.  Contigo passámos muitos bons e também maus momentos! Tivemos família a visitar-nos, tivemos encontro de amigos, tivemos dias de dança, jogos e filmes mas também tivemos maus momentos. Esta casa albergou sorrisos e choros, idas e voltas, boas vindas e despedidas. 

Tenho à minha frente quatro sacos e é isso. O resto já foi ontem para casa dos conterrâneos. Agora estou à espera de alguém da agência, para vir ver o estúdio e poder devolver o depósito, está quase...e eu nao me quero emocionar porque ainda agora a jornada começou .

 

20181015_085000.jpg

 

15395926470951630458180.jpg

 

95340.jpg

 

 

Voltar para Portugal - carta de despedimento

Terça feira tivemos uma reunião de equipa, uma daquelas chatas em que durante uma hora falamos de temas que até são importantes mas depois temos intervenções da equipa desnecessárias. O último tópico da lista era eu. O meu chefe pediu-me para informar os meus colegas, pedi-lhe de volta que o fizesse por mim. Os meus colegas ficaram chocados a olhar para min "como assim vais voltar para Portugal?", enquanto o meu manager fazia um dos seus discursos a conterrânea chorava ( diz ela por estar grávida e sensível ...não me enganas!), e eu arrepiava-me mas ao mesmo tempo sem ainda cair na realidade. 

Ontem entreguei a minha carta de despedimento - 4 de Novembro será o meu último turno, exactamente daqui a um mês.

Acho que estou farta de dizer o mesmo, mas ainda não me apercebi do que se está a passar, o meu cérebro e coração ainda não entenderam bem o que vai acontecer.  Dia 14 de Outubro vamos sair desta casa, vamos viver com os conterrâneos por 4 semanas, depois dia 4 de Novembro vou estar a sair do último turno, dia 11 Novembro será o baby shower do meu sobrinho de coração e dia 13 Novembro a partida.... quando irei eu cair na realidade? No último jantar? No último turno? No último abraço? No avião? Chegando a Portugal? Passados um ou dois meses quando me aperceber que não são só férias?? 

 

quit-my-job.jpg

 

A fase

Voltei de Portugal no Sábado passado. Foi uma semana boa, relaxante, em que revi família que veio do Brasil, da Bélgica e conheci o novo membro da família também. Matei saudades do meu cão, mas não as suficientes. Apanhei um tempo muito bom, a viagem foi tranquila. Enfim, tudo muito bom, menos a despedida.

Desta vez custou mais vir embora, pergunto-me se com o tempo irá ficar mais fácil ou difícil. Custa-me ver as pessoas tristes pela minha partida e a mim custa-me já não ter aquela vida,mas tudo por uma decisão minha.

Mal voltei ao trabalho as coisas continuaram a querer piorar para o meu lado. O meu team leader continua implicante, tanto que a nova rapariga da minha secção já começa a dar sinais de que finalmente percebeu porque é que estamos tão descontentes com o trabalho. No dia seguinte soube que não podemos tirar férias em Dezembro...boa. Ainda melhor, soube que a minha loja está aberta dia 24 e 25 de Dezembro no horário normal (9h às 24h) e de igual modo no dia 31.....Isto é gozo, não? Qual a loja de souvenir que está a aberta no ano novo? Enquanto está tudo a festejar estou eu a sair do trabalho?..Se fossemos um café, bar, discoteca, comprendia. Agora assim? Quem vai comprar souvenirs naquele dia até àquelas horas? Um cházinho por favor, esta gente causa-me indigestão.

Mais sobre mim

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.