Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Jornada23

Uma portuguesa a viver em terras de sua Majestade desde 2014.

Tic Tac - Adeus casa

Adeus minha casinha, adeus minha casinha de bonecas que quase não dava para nos mexer ou fazer grandes mudanças.  Contigo passámos muitos bons e também maus momentos! Tivemos família a visitar-nos, tivemos encontro de amigos, tivemos dias de dança, jogos e filmes mas também tivemos maus momentos. Esta casa albergou sorrisos e choros, idas e voltas, boas vindas e despedidas. 

Tenho à minha frente quatro sacos e é isso. O resto já foi ontem para casa dos conterrâneos. Agora estou à espera de alguém da agência, para vir ver o estúdio e poder devolver o depósito, está quase...e eu nao me quero emocionar porque ainda agora a jornada começou .

 

20181015_085000.jpg

 

15395926470951630458180.jpg

 

95340.jpg

 

 

Encomenda a caminho!

eb9e1f2d042f9b0a5f57f423c6bfea88.jpg

A imagem é apenas ilustrativa mas sim, representa bem aquilo que aconteceu ontem. Acabei de enviar 2 televisões, 1 congelador, 1 cadeirão com o peluche gigante e 7 sacos cheios de tudo, roupas, pertences, memórias. Os  pertences chegarão a Portugal primeiro do que nós e nestas últimas duas semanas no studio vamos andar perdidos, porque estará tudo vazio. Daqui a duas semanas partimos, mas ainda não para Portugal. Partimos para a casa dos conterrâneos e lá ficamos 4 semanas até ao nosso último dia. Uff... não posso pensar, só quero que tudo corra bem! 

Um ano atrás

2296-dreams-come-true-800x600.jpg

 Ontem, à um ano atrás, conseguimos um dos nossos maiores objetivos ! Somos mais completos com esta conquista que ao longo dos tempos nos deu tanta dor de cabeça e nos fez gastar dinheiro, muitas vezes de forma ridícula . Mas é o que é  e esta nossa conquista é um dos motivos pelos quais vamos voltar para casa , e não apenas para casa, mas para a nossa casa.

De que valem as promessas?

De que valem as promessas, certo? 

Comigo ficar uns tempos a fazer posts consistentes e do nada a vida vira-nos de pernas para o ar.

O trabalho ficou cada vez mais exigente com o novo posto, no final de Abril perdemos o meu sogro, foi o stress constante vindo do lado da família. Foi o stress ainda mais constante com obras e outras burocracias relacionadas com casas,  cada dia uma coisa nova.

Fomos de ferias duas semanas e passou tão rápido! Estivemos ocupados a resolver problemas e outra metade do tempo a ajudar a pintar a casa e a raspar cola seca de um chão, tudo de joelhos com uma lixa cada um. Felizmente, e apesar de todas as coisas, ainda temos pessoas que se mostram disponíveis e que fazem as coisas com tanta vontade como se fosse para elas mesmas. Foram umas ferias para reafirmar que voltaremos definitivamente para Portugal, se tudo correr bem, daqui a 4 meses e meio! 

Vai custar muito... vão ser meses intensos e acho que será importante marcar isso aqui, mais uma mudança, mais uma experiência para partilhar. Em 2014 partilhei a ida em 2018 partilharei a volta.

 

download (1).jpg

 

Mais sobre mim

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.