Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jornada23

jornada23

Trabalhar na minha empresa é

Como sempre uma coisa "engraçada" e uma novidade todos os dias.

Estas duas semanas foram repletas de pessoas motivadas que preferiram ficar em casa "doentes" ou simplesmente não avisar que não iam trabalhar, diz-se que poderá ter sido efeitos secundários do Carnaval de Nothing Hill. Entretanto, eu cá me tenho arranjado para não responder de forma torta ao meu Team Leader 1 que adora ser o exemplo de pessoa em palavras mas em atos, está quieto!

Ontem aconteceu uma coisa que nunca tinha acontecido na minha loja. Polícias lá, não é novidade. Clientes a ameaçar, não é novidade. Mas clientes a trazer a polícia, foi a primeira vez.

Resumidamente um grupo de miúdas (entre 11 e 12 anos) entraram na loja e como pareciam já mulherzinhas (tudo contado, não as vi), houve quem decidisse - o segurança -  falar demais e de forma imprópria com elas. Azar dele a professora estava no grupinho, uma senhora que parecia tão jovem quanto as alunas. O barraco começou, gritos da professora a dizer que o segurança era nojento e indecente, que eram menores e que ia chamar a polícia. Até aqui tudo bem, já aconteceu isto muitas vezes, mas a polícia nunca antes veio pela mão de um cliente. Passados cerca de 10 minutos a polícia chega, conversa nem dois minutos com o segurança e algemam-no logo ali à frente de todo o staff e clientes. Foi um choque. O segurança quase que chorava a dizer que não lhes tinha tocado e nem dito nada de mal, mas fatos são fatos. O que aconteceu depois foi Karma. Para averiguar a situação a polícia foi ver as câmaras de vigilâncias e para espanto viu um dos meus team leaders a tocar numa das miúdas......é de salientar que nesse preciso momento já o team leader tinha-se esgueirado à muito da loja.

O segurança foi despedido e eu espero que o meu Team Leader 2 leve uma boa lição, muito pelo que já tem feito a determinados clientes sem ter tido a devida consequência dos atos praticados =)

 

 

2 comentários

Comentar post