Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jornada23

Jornada23

Agadir

Agadir....! So de pensar nos dias passados em Agadir sinto um aperto, um saudade imensa! 

Tal como referido em posts anteriores, em Agadir escolhemos o Hotel Iberostar Founty Beach , a maravilha das maravilhas aos nossos olhos. 

 

Fatores positivos:

- O hotel foi sem duvida o ponto alto da viagem. Foi-nos possivel dormir ate' mais tarde, aproveitar a piscina interior pela manha e a exterior durante a tarde ou simplesmente ir a praia dando 10 passos fora do hotel. 

- A simpatia do staff no hotel , as comidas, o modo como o estrangeiro e' tratado sao simplesmente factores mais do que positivos 

- O clima foi o nosso melhor aliado tambem. Se em Marraquexe apanhamos uns dias de chuva e frio aqui o sol brilhava todo o dia

- O mercado era muito mais pequeno que o de Marraquexe mas foi bom porque era menos confuso e estavamos num mood mais calmo 

- Todas as noites existia uma festa no hotel, ora era Bolywood night , ora era noites de talentos, enfim uma panoplia que nos entretia noite fora. 

 

Factores negativos : 

- Quando saiamos do hotel eramos logo bombardeados com vendedores ou taxistas. O mesmo se passou quando saimos do autocarro vindo de Marraquexe e tivemos que pedir aos taxistas para nos darem tempo para pensar, visto fazerem-nos pressao mal saimos do autocarro para escolha de taxista.

- Como era uma cidade mais pequena e naquela altura do ano existem menos turistas sentiamo-nos mais deslocados do que em Marraquexe onde era estrangeiro a cada esquina 

- O aeroporto ficava bastante longe da zona dos hoteis principais.

 

Conclusao:

Nao me importava de voltar a Agadir para mais umas ferias "resort". Sair da cama, comer e deitar o corpito de frente para o sol o dia todo, intercalando com um mergulho na psicina.  Ainda por cima sabendo que de Londres encontro voos a 40 e pouco libras!! 

 

iberostar-founty-beach.jpg

 

7222526.jpg

 

 

 

2017/2018

29033-newyear-new-year-gold.1200w.tn.jpg

2017 pareceu curto, passou rápido...muito mais do que os anos anteriores. 

Foram feitas mais ou tantas viagens a Portugal como o ano passado, o que acabou por ser bom para tratar de assuntos e matar saudades. Apenas viajei para a Bélgica para estar com a família, ao contrario do ano passado que passei por Espanha e Marrocos. Mantive o trabalho onde estou, melhorei profissionalmente e fui capaz de demonstrar as minhas capacidades enquanto profissional não só aos meus colegas como chefia. Passei a ter a conterrânea a trabalhar comigo de novo - juntas mais uma vez. Eu e o príncipe conseguimos riscar um objectivo da lista o outro quase que foi feito antes do ano, vai acabar por ser em 2018. 

 

2018 ira trazer muito, espero. O desejo e de mudança para este ano, muita mudança mesmo! Mudança que nos ira assustar mas em termos de realização pessoal ira trazer muitos benefícios. Mais um objectivo a riscar a lista logo no inicio do ano e o resto espero que venha por acréscimo. Este ano planeiam-se viagens, algumas para riscar mais uns objectivos da lista. Esperam-se menos viagens para Portugal, mas por bons motivos. Esperam-se melhorias no trabalho e quem sabe crescimento. 

Espera-se um ano novo. Cheio de conquistas 

O nosso dia.

DSC03135.JPG

 Hoje, para muitos, é um dia normal. A maioria aproveita-se deste dia para pegar algumas mentirinhas inofensivas mas, para outros é um dia especial. Este, desde à 5 anos atrás, é o nosso dia.

Obrigado por tudo. Pelo amor, amizade, apoio, carinho, por tudo o que éramos e continuamos a ser. Por crescermos e o amor não se perder e por continuarmos juntos, lado a lado, para o que der e vier. Pelas conquistas e novas experiências, agradeço. Pelos risos, brincadeiras e aventuras. 

Hoje é o nosso dia príncipe. Com amor.

 

Londres - 1 mês

E ontem fez exatamente 1 mês que chegámos a Terras de Sua Majestade. Foi um sábado intenso, do qual ainda não falei nem quis refletir muito sobre ele. Por um lado (e mais importante do que tudo) tive ao meu lado, ou a apoiar-me, as pessoas que mais aprecio na vida. Tive medo, quis ser forte, quis mostrar que tudo iria correr bem mesmo estando a viajar para o desconhecido. Despedi-me daquele quarto, daquele prédio, daquela rua. Despedi-me do meu bebé, e custou! Passei a viagem toda firme - não ia chorar. Até que a minha mãe começou a chorar e dei-lhe a mão. Vim a maior parte da viagem assim, de mão dada com a minha mãe, outra mão dada com o príncipe e com a mana a agarrar-me. A chegada ao aeroporto fez-se de forma mais descontraída, estávamos tranquilos, ansiosos e alegres. Eu tentei sair do país em paz, a obra do destino não deixou e mais uma vez fez-me, não dar menos valor a certas pessoas, mas sim valorizar imenso os que tenho junto a mim. A hora da despedida foi intensa e desconcertante (só de me lembrar...), pela segunda vez na minha vida vi o meu pai chorar, e como isso dói! A mãe chorou, eu chorei, o príncipe chorou, a mana chorou, só o irmão é que se aguentou mais firme (sabe-se lá se não deitou uma lágrima sorrateiramente). A viagem correu bem, a chegada a casa correu bem.

Em um mês, já tenho trabalho. Em um mês, já procuramos um sítio onde viver - os dois, sem mais ninguém, só eu e o príncipe. Em um mês já chorámos, rimos, tememos, aventurámo-nos (nunca andei tanto na minha vida eheh) e vivemos muito. Em um mês estamos ainda a descobrir Londres. Em um mês as saudades já apertaram. Em um mês já tive tendência a ir procurar o meu bebé. Já tive tendência em querer dizer à mana "Estás em casa?" pensando eu, que ela ainda vivia no andar de cima. Faz um mês que somos só eu e ele. Faz um mês que o príncipe não fuma (yeeaaah!). Faz um mês que tudo começou.

Eu estou bem, nós estamos bem. Londres é um sonho, mas é preciso força quando queremos sonhar mais além.

 

Gestos Perfeitos

 

Ultimamente tenho visto muitos gestos perfeitos. Digo gestos perfeitos, sintonias, sorrisos, dar e receber de igual modo, enfim gestos perfeitos e sinceros que nos dão um sorriso não só momentâneo como duradouro.

 

  • Sexta feira após ter saído do estágio fui meter-me no metro (à hora de ponta). Fui enlatada quase a viagem toda mas quando vi a oportunidade de me sentar, aproveitei. No momento em que me ia sentar vi um senhor já idoso a seguir no mesmo caminho, levantei-me e dei lugar ao senhor que me responde "Tenho 20 anos minha filha, não parece mas acredite que tenho!", eu insisti e sorri "sente-se lá! Tenho 20 aninhos, e você ri-se mas eu quero é fazer sorrir as pessoas, especialmente bonitas como você" - neste momento fiquei logo vermelha. Paragens à frente o senhor chegou-se perto do meu ouvido e disse-me " vou-lhe rogar uma praga, e espero que resulte. Uma praga de muita felicidade e saúde". Fez-me sorrir novamente e foi-se embora. Há pessoas assim.
  • No Sábado eu e o príncipe andámos por Lisboa. A caminho do aeroporto para comprar mais uma bagagem o príncipe, no metro, pega na minha mão e dá um beijo nela. Quando olho para o lado estava uma idosa, olhou para o gesto e sorriu. Escusado será dizer que o príncipe reparou mais na minha cara vermelha do que noutra coisa. Há pessoas como o príncipe, carinhosas,  e outras em que pelo simples olhar deitado à imagem vista nos fazem sentir que somos ainda mais acarinhadas do que pensámos.
  • Ontem estive com crianças de uma instituição. Gosto de crianças, de trabalhar com elas, de tentar procurar ou manter o equilibrio que muitas vezes é instável na vida delas. Estas fizeram-me sorrir com o seu sorriso, com o modo como pegavam na minha mão e pediam por atenção, pelo modo como se entusiasmavam e desfrutavam as diversões, cada pedacinho. No fim, quando o príncipe levava uma ao colo perguntou, referindo-se a mim "Tu também a levas ao colo?", ele respondeu que sim, ela rematou "E ela, também te pega ao colo a ti?".

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D