Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

jornada23

jornada23

Segurança

Hoje mal abri o sapo vi o destaque de um post que, principalmente pelo título, me chamou a atenção e resolvi ler. Fiquei chocada e triste. Como é possível, digam-me? 

Desde que cheguei a Londres devo confessar que das coisas que mais me agradou foi a segurança "Ah e tal e quando essa cicadezita está em alerta devido às ameaças terroristas???" ok, é verdade. Aqui mais do qualquer coisa a ameaça terrorista encontra-se num nível elevado mas não podemos propriamente parar a nossa vidinha e pensar que isso poderá acontecer a qualquer hora em qualquer lugar até porque, tal como aconteceu recentemente na Tunísia, o local é sempre improvável.

Em Londres sinto que posso andar à vontade, seja de dia ou de noite. As câmaras ajudam, sentes-te mais protegida e mesmo que algo aconteça sabes que a probabilidade de a pessoa ser reconhecida é maior. Aqui qualquer pessoa pode andar à vontade com as mil e uma tecnologias  ou com a malinha Prada (a verdadeira!!) à vista . Nunca vi ninguém a refugiar o Iphone ou Samsung de última geração ou o portátil todo xpto. Aqui, como já presenciei muitas vezes, até pessoas alcoolizadas sabem o limite. Se abusam, se se metem com alguém de forma imprópria ou perturbam (sejam em transportes públicos ou lojas, supermercados) são avisados uma vez e acreditem que acabam por sair no seu próprio passo só para não ter que falar com a polícia. Até situações de discussão que, em Portugal muito facilmente como já presenciei acaba em pancadaria, aqui ficam-se pelo palavreado e cada um segue caminho.

Das últimas vezes que tenho ido a Portugal sinto uma estranha diferença. Se ando até às tantas na rua tenho um receio enorme. Sempre a olhar para trás,sempre a olhar para os lados "E aquela rua não está muito iluminada, é melhor ir dar a volta" e por aí.

Não quero generalizar, mas devo admitir que aqui sinto uma segurança muito mais apertada e, em que a resposta por parte dos organismos de segurança é também mais assertivo e rápido.