Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

jornada23

jornada23

Meninas magras

azLKM0Z_700b.jpg

Falar de magreza. Melhor ainda! Falar de meninas magras.

Devo dizer que desde que nasci sempre fui uma criança magra, nunca me deu para engordar. Entrei na adolescência e tal e qual, estou na fase adulta e nada tem mudado. É organismo, não doença, ou manias, ou algo mais que lhe queiram chamar.

Para uma pessoa como eu, que tem 1.70 e pesa cerca de 48kg acreditem que só por ser magra não quer dizer que os comentários como “Oh, tás tão magra” ou “Assim é que é bonito, toda magrinha” não me deixam exactamente em êxtase …Obrigada, devo dizer?

Mas vamos esclarecer outro ponto: quando me oferecem comida e não aceito a melhor frase para me responderem não é a típica “Ah, por isso é que tás magra”…e quando me perguntam porque gostava de ir para aulas de dança e logo a seguir acompanham com o “é porque não precisas, já és magra”? Oh meu deus..please. As pessoas não percebem que cada um é como cada qual? Eu gostava de dançar pelo meu estar físico e porque exercício é saudável..não porque quero perder os kilos que acabei de inventar que tenho na coxa, e se não aceito comida é porque não me apetece.

Ah, mas o drama vem quando eu em diversas situações digo “Eu já fiz dieta para engordar”. O quê? Ultraje!!!! Como é possível uma pessoa estar a vida inteira a querer tirar peso e esta miúda vem-me com conversas de dietas para engordar!??! Oh bem, é como digo, cada um como cada qual.

E, para que conste até agora a única pessoa que pode “gozar” com o meu físico continua a ser o meu avô, para ele posso ser a Olívia Palito e sim, pode-me continuar a dizer a piada do “Se está chuva não te molhas, passas entre os pingos”

 

Tenho dito.