Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jornada23

Jornada23

Como poupar em Londres - Rotina

Pois bem, já tinha dado uns troques e umas propostas acerca de poupança aqui em Londres. Hoje falarei mais precisamente em como poupar na alimentação e bens de primeira necessidade ou, melhor ainda, a rotina que eu e o príncipe costumamos seguir.

A verdade é que compramos coisas de diversos locais o que é sempre receita de sucesso na hora da poupança.

 

Sainsbury: Neste supermercado compramos essencialmente o meu leite (sem lactose), natas, peixe congelado, algumas vezes pão e também de vez em quando bolachas, biscoitos e pitas, também entrámos numa onda das sopas de pacote, muitas vezes dá jeito e existem umas muito boas aqui.

 

Poundland: No poundland não há grande variedade de comida. O que lá mais compramos são produtos para a higiene pessoal (gel de banho, pastas de dentes, papel higiénico) e para a cozinha (esfregões, detergente,..). Para ser sincera no início gastava muito mais dinheiro no Poundland, mas comecei a encontrar noutros locais bem mais em conta.

 

Iceland: O iceland fica muito perto da nossa casa por isso usamos quase como "mercearia" da esquina. Quando nos falta algo o Iceland é solução. Embora em muitos casos pratiquem preços bons, noutros a regra é totalmente contrária. Aqui costumamo-nos abastecer de carne (frango, porco), de leite para o príncipe, gelados, sumo, alguns congelados como batatas fritas ou folhados de peixe. É de salientar que em alguns dias em particular, que ainda não soube precisar, existe um congelador no Iceland com coisas a 50% de desconto. Ainda ontem comemos um peixe que era óptimo! Apanhámos no congelador a 1 libra e assim ficámos a conhecer algo que, normalmente não iríamos comprar por ser mais caro que outros que já conhecemos.

Aldi: Os meus olhos até brilham quando ouço este nome. Sei que em Londres não existem assim tantos Aldi, e nem tão pouco estão localizados em zonas mais centrais. No entanto, quem tiver a sorte de ter um ao pé, tem os gastos mensais/semanais bem mais reduzidos. Compro lá de quase tudo. Pão, fruta (sai muito mais em conta inclusive que qualquer mercado), massas,  arroz e batatas (preços muito baixos), atum (de boa qualidade e barato), salsichas, noodles, azeitonas (aquela garrafa de azeitonas verdes adora olhar para mim!!), bolachas, cereais, cappuccino, alimentos para colocar no pão (chouriço, pepperoni, queijo, manteiga, fiambre). Foi aqui que comecei também a comprar amaciador para a roupa ao mesmo preço que no Poundland mas com o dobro da quantidade. Iogurts, pudins e aquelas mini sobremesas frias são muito baratas, batatas fritas, sumos, pepino, alface e tomate.

 

Este é o nosso método usual. A verdade é que todos estes supermercados fazem-nos falta pois cada um tem os seus próprios artigos que valem a pena comprar. Já ouvi falar muito bem também do Asda e já tive a experiência de ir a um Tesco bastante grande, fora do centro, em que os produtos eram muito mais baratos que os que costumamos apanhar na rua usualmente. A receita perfeita não existe, cada um com os recursos e proximidade aos diversos supermercados, terá que delinear a sua própria estratégia de compra, mas pelo menos deixo aqui a minha como futura dica.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D