Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

jornada23

jornada23

Cão que não é cão, é família

Quem me conhece sabe que eu tenho um amor de perdição pelo meu cão: um caniche anão raçado com maltês de 16 anos e meio..Sim 16 anos e meio. Da última vez que o vi foi em setembro e é assustador ver como ele piorou em poucos meses. Fica imenso tempo parado a "olhar" para as paredes e depois insiste em bater contra elas, já não consegue controlar o xixi nem o coco, está sempre a cair , praticamente cego e deve estar com graves problemas de memória visto que parece andar sempre perdido e confuso. Fiquei a observá-lo por longos minutos e agora vim para a cama, é inevitável eu não chorar, ele é família.