Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

jornada23

jornada23

Trabalhar na minha empresa é


  • considerar normal dizer (a brincar) e ouvir (de forma séria) "Are you sure" mil vezes ao dia.

  • considerar normal arrepiar-me outras mil vezes ao dia quando um cliente me quer perguntar o preço e diz "How many?"

  • considerar normal falar com mais de 15 pessoas de nacionalidades diferentes e no final do dia, já nem saber se estou a falar o inglês correto ou se a outra pessoa é que está trocada

  • considerar normal o estranhar quando clientes ingleses entram na loja com o sotaque british perfeito - onde estão os sotaques manhosos que ouvi durante o dia? (inclusive o meu !!!)

  • considerar normal o local onde deixamos as malas e roupa ter um tapete para quem quiser rezar

  • considerar normal a aparição frequente de ratos em qualquer local da loja (inclusive na cozinha do staff)

  • considerar normal as dezenas de clientes que gastam centenas de dinheiro em coisas que não valem nem 5£

  • considerar normal ter a loucura do lado exterior da loja todas as sextas e sábados à noite

  • considerar normal ter um segurança que experimenta as perucas dos manequins e usa os chapéus que estão à venda na loja só para...nem eu sei bem para quê

  • considerar normal assistir à expulsão de um cliente que ameaçava bater no segurança e ter todo o staff da loja a desejar que o cliente não tivesse só paleio, mas sim ação (pode parecer muito maldoso, mas até conhecerem o segurança também pensaria...)

  • considerar fora do normal (infelizmente) uma entrega de milkshake's 10 minutos antes do fecho da loja, como agradecimento pelo bom dia de trabalho (de faturação, querem eles dizer)


Vida!

 

Proibido escrever! De hoje em diante vou voltar a escrever regularmente aqui no blog! A vida tem sido uma correria constante, se não é a vida pessoal é o trabalho, ou a dissertação (que valha-me Deus está super atrasada!!!!!). E o blog tem-se perdido por estas andanças. Mas não quero.

Fizemos à dois dias 3 meses aqui em Londres e fazemos hoje 1 mês nesta casa. As coisas têm corrido muito bem, e estamos a tentar compreender o ritmo desta cidade que anda à velocidade da luz.