Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jornada23

Jornada23

4 anos de Londres

london_quote_4.jpg

4 anos de ti Londres. 4 anos que por vezes parecem muitos mais anos nao so' pelo tempo que sinto ter perdido mas pelas pancadas que a vida me deu enquanto ca' estive. A vida e' assim nao e' verdade? Talvez se tivesse ficado em Portugal as pancadas seriam iguais, ou maiores, nao sei. A verdade e' que Londres tambem me deu muita coisa boa, deu a experiencia, a independencia, a liberdade para fazer coisas sem ninguem por detras a aconselhar (talvez por isso as coisas tenham corrido tao bem num sentido e noutros nem tao bem). Londres deu-me garra para lutar mas muitas vezes tirou-me a garra tambem. Neste pais tive que trabalhar para pagar a renda, e pouco mais. Quando o principe estava a part time foi um sufoco, quando eu fiquei desempregada outro sufoco foi. Um salario era para a renda - hoje em dia e'. Aconteceram coisas boas, viajamos um pouco, conhecemos boas pessoas e finalmente estou a trabalhar em algo que gosto. Aconteceram coisas menos boas, as saudades nao permitiram muita coisa, ver crescer criancas, acompanhar os idosos mais de perto e simplesmente estar presente para quem nunca nos falhou. Algumas vezes sinto isso...que falhei. A distancia da' cabo de nos..a tristeza por vezes e' imensa e por isso e' que cheguei a conclusao que este, por nosso querer, sera' o ultimo ano em Londres.  

 

 

Opiniao Publica

O

 

Não fico frustrada ou tão pouco chateada com algumas opiniões contra a barriga de aluguer mas ate que ponto para os outros e assim tão importante a não ser para os futuros pais e a barriga de aluguer ? Se há acordo...Sinto-me surpresa por tantos comentários que rejeitam um pouco esta ideia.

Não gostaria de colocar ninguém nesta situação mas ate que ponto pergunto-me eu iriam tantas pessoas recusar esta lei caso conhecessem pelo menos um caso de mulher infértil....Importa assim tanto aos não envolvidos? 

Prontos para debate?

https://m.youtube.com/watch?v=GXbPhbWFhfE

2017/2018

29033-newyear-new-year-gold.1200w.tn.jpg

2017 pareceu curto, passou rápido...muito mais do que os anos anteriores. 

Foram feitas mais ou tantas viagens a Portugal como o ano passado, o que acabou por ser bom para tratar de assuntos e matar saudades. Apenas viajei para a Bélgica para estar com a família, ao contrario do ano passado que passei por Espanha e Marrocos. Mantive o trabalho onde estou, melhorei profissionalmente e fui capaz de demonstrar as minhas capacidades enquanto profissional não só aos meus colegas como chefia. Passei a ter a conterrânea a trabalhar comigo de novo - juntas mais uma vez. Eu e o príncipe conseguimos riscar um objectivo da lista o outro quase que foi feito antes do ano, vai acabar por ser em 2018. 

 

2018 ira trazer muito, espero. O desejo e de mudança para este ano, muita mudança mesmo! Mudança que nos ira assustar mas em termos de realização pessoal ira trazer muitos benefícios. Mais um objectivo a riscar a lista logo no inicio do ano e o resto espero que venha por acréscimo. Este ano planeiam-se viagens, algumas para riscar mais uns objectivos da lista. Esperam-se menos viagens para Portugal, mas por bons motivos. Esperam-se melhorias no trabalho e quem sabe crescimento. 

Espera-se um ano novo. Cheio de conquistas 

Roupa low cost - olhó vestido!

20171215_235633.jpg

 

20171215_235549.jpg

 

20171215_235400.jpg

As fotografias não fazem nada jus a qualidade das pecas mas.....! Eu adoro invadir as lojas de segunda mão pelo menos uma vez de duas em duas semanas, por vezes não existe nada de interessante e outras, como esta semana, parece que tenho olho para a coisa! Comprei o primeiro vestido e o segundo por meras £2 da New Look e o terceiro comprei a £3 da Forever21! A conterrânea não acreditava que eu conseguia comprar coisas tão boas a preços tão disparatados e sexta feira veio comigo espreitar as lojas e saiu de la com 4 casacos ...todos eles a £2 cada!! 

 

Chegou a hora dos jantares de Natal!

20171215_174552.jpg

 

20171215_183409.jpg

 

20171215_193911.jpg

Sexta feira dia 15 foi o nosso jantar de empresa, sendo que somos um grupo pequeno de apenas 13 pessoas a coisa e mais fácil de gerir e, como praxe temos o Secret Santa. Este ano calhou-me na rifa um membro da equipa muito fácil, uma colega que trabalha comigo desde o inicio, o ano passado foi pior que me calhou o Manager. Em compensação este ano recebi prenda do Manager que, por sinal , gostei bastante. 

Este ano o jantar foi no TGI's Friday, a comida demorou para chegar mas quando chegou foi lamber os dedos de tão saborosa que estava! 

A minha empresa todos os anos providencia £20 a cada trabalhador de cada projecto para o jantar de Natal, sendo que o nosso jantar seria £23 sem bebidas incluídas ainda tínhamos que colocar pelo menos £10 a mais...mas não, o Manager estava simpático, talvez invadido pelo espírito natalício e pagou as contas todas 

 

Marraquexe

Marraquexe foi a cidade escolhida para começar a nossa jornada em Novembro de 2016, como já tinha referido optamos por uma acomodação bem no centro da Medina Riad La Perle de Marrakech

 

Fatores positivos :

- A diversidade, as cores, os cheiros no mercado.

- A hospitalidade , porque na maioria dos casos os marroquinos eram prestáveis e pessoas simpáticas

- O valor da moeda. A moeda vale pouco, claro que no final do dia olhamos e vemos que gastamos dinheiro tão desnecessariamente mas custa menos dar devido ao valor tão baixo.

- A duração. Apenas ficamos 3 dias em Marraquexe mas no nosso caso foi o melhor. Os dias foram passados numa constante de "cuidado, olha a mota agora, olha o carro , vamos em fila indiana, e cuidado com blablabla "a confusão das ruas para quem queria um pouco de sossego de uma Londres tão movimentada não foi encontrado.

 

Fatores menos bons:

- A confusão. No meio do mercado tínhamos motas, bicicletas, pessoas, enfim este vai e vem não nos deu descanso 

- Localização. Devo dizer que para quem vai para Marraquexe durante mais dias não devera ficar na Medina, demasiado caótico. 

- O turismo. A maneira como os turistas são vistos não me caiu bem. Para terem ideia houve um dia que perguntamos onde era um bar, a pessoa indicou o bar e este estava fechado e mesmo assim esticou a mão para pedir gorjeta. Sentimos que o turista e completamente sugado e absorvido naquele quotidiano tão próprio deles.

- O regatear. O regatear tem as suas coisas boas e mas. Para quando estamos num local tão pouco tempo regatear esgota-nos e consume muito tempo e entusiasmo. Conseguimos regatear muita coisa boa mas também todos os dias nos chateávamos a regatear táxis. Não acho que conseguia esta rotina durante um longo período.

 

Conclusão:

Marraquexe  na opinião de todos que foram, foi bom para a duração que foi. Soubemos aproveitar, aconteceu-nos contratempos tal como em qualquer viagem e vivemos a cidade ao nosso redor. 

Para finalizar a jornada finalizamos a celebrar os anos da conterrânea cantando os parabéns com um pão típico....! (O tuga desenrasca-se! )

 

20161106_095335.jpg

20161106_144800.jpg

 

20161106_151212.jpg

20161108_000924.jpg

 

 

 

Olha a neve!!!

20171210_085019.jpg

Hoje acordei assim "Amor, amor , esta a nevar!!" Ambos saímos da cama num ápice e fomos para rua eram 8 e pouco da manha! Já não conseguimos dormir e depois de algumas fotografias e bolas de neve decidimos ir passear um pouco. Por norma em Londres não neva, cai um pouco e meia hora já desapareceu, mas hoje não, pelo menos não na minha zona. Hoje desde as 8h ate pelo menos as 14h nevou!!O sorriso na cara das pessoas vale ouro! 

 

Marrocos 2016

Novembro de 2016! Acabadinhos de fazer 1 ano de Marrocos - que saudades! 

Faz um ano que tivemos a ideia de ir de ferias com o nosso casal amigo português, a escolha do local estava mais do que difícil já que decidimos ir em Novembro e não queríamos propriamente sair de uma Londres fria para outra cidade todos encasacados e com chuva. A oferta não era muita e a incerteza da temperatura era ainda maior, o nosso problema prendia-se também com o dinheiro que estávamos dispostos a gastar e o tempo que iríamos la estar. Depois de muita conversa (mais das mulheres que dos homens) decidimos por Marrocos. Depois disso era apenas uma checklist infinita ate termos a certeza que tínhamos tudo preparado.

 

Qual cidade escolher?

A duvida persistia. Se por um lado ir a Marrocos e não ir a Marraquexe era um pouco perder a essência da coisa, ir a Marrocos e ficar a semana inteira perdidos entre mercados e a confusão diária também nos parecia demais. Acabamos por decidir: 3 noites em Marraquexe e 4 noites em Agadir. Por um lado teríamos o lado mais tradicional, os mercados, a população no seu modo de vida nu e cru e por outro teríamos as ferias de "resort", praia - piscina - praia. 

 

O que levar na mala de roupa?

Ui...este tema foi muito discutido, mais uma vez entre as mulheres. Os homens estavam bem servidos, uns calções, um par de calcas e mais coisa menos coisa, as mulheres, visto ser um pais muito mais conservador do que aquele onde vivemos teríamos que ter mais preocupação. O que procuramos nos por vestidos longos minha gente!!! Nada, nada de nada se encontrava por estas bandas e acabamos por nos decidir mais a usar calcas em Marraquexe e logo os calções e saias em Agadir onde estaríamos praticamente sempre no Hotel. 

 

Onde pernoitar?

Agadir foi uma decisão fácil e acabou por ser a decisão mais acertada em qualquer viagem que já realizei (o mesmo dizem os conterrâneos). Ficamos hospedados no hotel Iberostar Founty Beach um hotel de 4 estrelas com piscina interior e exterior e com uma entrada virada para a praia - um sonho! O serviço foi excelente, o staff do mais simpático e prestável possível, os quartos enormes e lindos e a comida variava bastante de dia para dia. 

Em Agadir tínhamos a opção de ficar dentro ou fora da Medina mas como só iríamos por 2 dias completos decidimos ficar o mais próximo possível do mercado para absorver a atmosfera. As mulheres pesquisaram imenso (acreditem que e complicado escolher um Riad que não pareça um tanto ou quanto duvidoso) e quando vimos o indicado em vez de reservarmos fomos pedir opiniao ao lado masculino...escusado será dizer que perdemos a vaga.. Acabamos por ficar hospedados no Riad La Perle de Marrakech. Um ambiente muito intimo, acolhedor, os quartos e a decoração típica e o staff muito familiar mas sentimos que a experiência podia ter sido melhor não fosse termos sido um pouco enganados, enfim cicatrizes de viajantes !! 

 

O que comer? 

Esta para ser sincera, foi a parte que aproveitamos menos no sentido de experimentar. Em Marraquexe nunca encontramos restaurantes muito apelativos, talvez por estarmos mesmo situados na Medina e apenas comemos uma refeição típica, cozinhada pela dona do Riad no nosso primeiro dia em Marrocos. De resto em Marraquexe fomos muito pelo seguro e em Agadir e que acabamos por experimentar um pouco de tudo com mais segurança, sabendo que os standards de higiene eram mais elevados. 

 

E os transportes?

Em poucos dias tivemos que usar: avião, táxi e autocarro. O avião usamos de Londres - Marraquexe (23£ pp) , Agadir - Londres (43£ pp), tudo através da Ryanair num voo que penso não ter durado mais do que 3 horas. De Marraquexe - Agadir usamos o autocarro que demorou 3 horas e meia mas passou a correr, com algumas paisagens lindas pelo caminho e pelo preço de cerca de 9£ por pessoa. Por ultimo, dentro das cidades e entre cidade aeroporto usamos os táxis que variavam muito o preço, muito conforme o que conseguimos regatear mas por norma conseguíamos viagens a cerca de 5/10£ a dividir pelos quatro. 

 

Irei ainda falar um pouco mais de cada cidade, mas para já fica o "curto" resumo 

(a usar teclado sem acentos!!!!)

 

bandeira-de-marrocos.jpeg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D